Pedido de IPO da Bluefit é registrado na CVM; Objetivo é captação de R$ 600 milhões

Seguindo a rodada de movimentações e registro de Oferta Pública Inicial (IPO), o pedido de IPO da Bluefit acabou de ser protocolado na Comissão de Política Monetária (CVM). 

Seguindo os passos da concorrente Smartfit, a empresa pretende se lançar no mercado de capital aberto com o objetivo de arrecadar aproximadamente R$ 600 milhões de IPO neste primeiro momento. 

A rede de academia tem como objetivo lançar uma oferta mista, onde parte do montante arrecadado vai direto para o caixa da empresa e o restante para os acionistas que vendem sua participação. Até o momento, a informação é a de que a XP Inc, deve coordenar a oferta. 

Entenda melhor o pedido de IPO da Bluefit

Com redes de academia espalhadas nas principais cidades dos estados brasileiros, o pedido de IPO da Bluefit vem como alternativa de conter os prejuízos ocasionados pela pandemia da Covid-19 e melhora na expansão da rede para os próximos anos. 

A empresa vem mirando os mesmos passos da Smartfit, que apenas em sua estreia do IPO, conseguiu arrecadar mais do que o montante previsto inicialmente. 

Desta forma, a aquisição de novas franquias para integrar os serviços de saúde e bem-estar e abertura de novas unidades nas cinco regiões do País para aumentar ainda mais sua presença no universo fitness. 

Com isso, a ampliação de unidades em torno do país com capacidade de abertura 24h ao dia será um dos principais diferenciais em relação a outras empresas deste mercado. 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo