Alta no investimento em criptomoedas atinge patamar inédito

O investimento em criptomoedas atingiu um patamar inédito na história do ativo, chegando a US$1,47 bilhões negociados nessa última semana. Segundo o relatório da CoinShares, o montante total corresponde a mais que o dobro do antigo recorde registrado de US$640 milhões em fevereiro deste ano.

De acordo com o levantamento, os produtos expostos aos ativos digitais, como o Bitcoin (btc), acumularam um total de US$8 bilhões em entrada de capital nos últimos 12 meses. A título de comparação, o valor do período anterior foi de US$6,7 bilhões.

A maior parte dos investimentos, cerca de US$54,6 bilhões sob gestão, estão alocadas em produtos da gestora Grayscale, considerada a maior do mundo nesse setor.

Logo atrás, com US$5,1 bilhões, está a CoinShares, que apesar de apresentar um alto valor em negociações, registra um déficit anual de mais de US$1 bilhão.

E para encerrar, a ProShares, dona do primeiro ETF de bitcoin dos Estados Unidos, registra US$1,17 bilhões em ativos sob gestão.

Alta no investimento em criptomoedas – Saiba quais são os ativos mais negociados

A alta no investimento em criptomoedas que foi captada nesta última semana se deve, principalmente, ao Bitcoin. Considerado o ativo mais negociado no mundo, a moeda corresponde a 99% (US$1,45 bilhões) do valor total registrado.

No mês, o Bbitcoin acumula uma valorização de 34%, que, se mantido, será seu melhor desempenho desde fevereiro.

Porém, outros ativos digitais menores também demonstraram crescimento no espaço. Como a Solana (SOL), que apresentou US$8,1 milhões em investimentos e a Cardano (ADA) com US$5,3 milhões.

Para contrariar as expectativas geradas no início deste trimestre, a segunda maior moeda do mundo, o Ether (ETH) registrou um saldo negativo pela terceira semana seguida, de US$1,4 milhões.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo