HTEK11: Confira o guia completo sobre o ETF

Acompanhando a série de lançamentos de novos ETFs no mercado brasileiro, o HTEK11 surge como alternativa para investidores que se interessam por tecnologia e pela área da saúde.

A mescla de segmentos diferencia o produto dos demais fundos de índice, além de trazer uma cesta composta por empresas com grande potencial de crescimento.

Outros benefícios como baixo aporte de investimento também tornam a opção interessante para investidores que buscam diversificar sua carteira de ativos.

No entanto, para investir com confiança, é importante conhecer mais detalhes sobre o produto.

E para te ajudar nessa análise, confira o guia que preparamos sobre HTEK11, com tudo que você precisa saber antes de aplicar seus recursos nesta nova aposta do setor de saúde e tecnologia.

O que é o HTEK11?

HTEK11 é o código de identificação do ETF IT NOW Morningstar XT US Healthcare, o novo fundo de índice da bolsa de valores brasileira, a B3.

Lançado em junho de 2021, o ETF se destaca por sua carteira de papéis diferenciada, baseada no índice Morningstar US Exponential Technologies Healthcare.

Ele busca analisar as tendências demográficas de expansão da indústria de saúde em todo o mundo. Para isso, acompanha as 50 empresas mais tecnológicas e bem posicionadas no mercado.

O produto é administrado pela Itaú Asset Management, gestora do Itaú Unibanco, e disponibiliza investimentos a partir de R$100,00.

Os principais segmentos que integram o HTEK11 são os temas de medicina, neurociência e bioinformática.

Embora recente, o produto é uma nova aposta de ETF na B3, com boas expectativas de crescimento.

O que é ETF?

Antes de avaliar o HTEK11 e verificar se o ativo combina com o seu perfil de investidor, é importante reforçar o conceito de ETF.

Exchange Traded Fund, ou Fundo de Índice, é um ativo formado por uma cesta de ações diversificadas que replicam o desempenho de determinado índice.

Esses indicadores avaliam uma série de empresas que se enquadram em diversos critérios, para formar uma carteira teórica.

Por exemplo, ETFs baseados no índice Ibovespa são cestas de ações das empresas que são melhor negociadas no mercado brasileiro.

É o caso do BOVA11 ou BOVV11, além de diversos outros fundos.

Dessa forma, o HTEK11 utiliza um indicador que avalia empresas norte-americanas de saúde e tecnologia.

Nos últimos meses, a B3 recebeu uma série de novos ETFs, dos mais variados índices, trazendo mais oportunidades para o investidor brasileiro.

Como investir em HTEK11?

Para investir em HTEK11, basta seguir alguns passos básicos, que permitem que o investidor tenha acesso ao fundo com segurança e praticidade.

Em um primeiro momento, é necessário ter uma conta ativa em uma corretora ou instituição habilitada.

Dessa forma, o cliente poderá acessar todas as ferramentas que permitem a transação no mercado de ações.

Caso o investidor não possua uma conta ativa, basta se registrar na corretora de preferência. O processo é simples e rápido, podendo ser feito no mesmo dia.

Em seguida, é preciso localizar o fundo de índice no home broker, por meio do código de identificação. Nesse caso, “HTEK11”.

Por fim, basta selecionar o número de cotas desejado e finalizar a operação. O fundo já fará parte da sua carteira, e estará rendendo até a data de vencimento.

Esse procedimento pode ser feito de maneira individual, como é costume para investidores experientes, e também com a ajuda de especialistas ou consultores, que podem otimizar a performance do cliente.

Principais empresas que compõem o HTEK11

Um dos principais pontos de avaliação para definir se o HTEK11 vale a pena é conhecer as empresas que compõem a cesta.

O índice analisa as 50 principais companhias de saúde e tecnologia do mundo, e inclui nomes populares como:

  • General Eletric;
  • IQVIA Holdings;
  • LabCorp;
  • Tenet Healthcare Corp;
  • PRA Health SciencesInc;
  • Waters Corp;
  • United Therapeutics Corp.

Além de bem posicionadas no mercado, também apresentam potencial considerável de crescimento.

Quais as vantagens de investir na ETF HTEK11?

Investir em HTEK11 também traz algumas vantagens para o investidor. Veja as principais:

Potencial de crescimento

O índice do HTEK11 se baseia, principalmente, em empresas com boas tendências demográficas.

Isso significa que inclui companhias que estão em expansão, e apresentam um potencial considerável de crescimento.

Dessa forma, o ETF também pode crescer em valorização e em número de ações.

Exposição ao dólar

Além de acompanhar as empresas internacionais e disponibilizá-las no mercado brasileiro, o fundo também conta com a variação entre dólar e real.

Assim, o investidor pode potencializar seus rendimentos, além de ter um fundo de índice com exposição a moeda mais valorizada do mercado.

Desvantagens da HTEK11

Por outro lado, o HTEK11 também pode apresentar alguns pontos menos positivos, que influenciam na análise do investidor. Confira os principais:

Maior risco

O HTEK11 apresenta um risco mais elevado que outros investimentos, por basear sua cesta de ações em um índice variável.

Embora a posição no mercado de ações seja menor, a estabilidade também é reduzida.

Além disso, as empresas que compõem a carteira também estão em crescimento, o que traz um risco mais elevado.

Retorno a longo prazo

Ainda, o HTEK11 é uma cesta em expansão, o que significa que possui uma menor movimentação, ao menos por enquanto.

Dessa forma, o investidor que adquire as cotas neste primeiro momento obtém um prazo maior de retorno, e devem ter paciência se desejarem visualizar os lucros reais.

Por que o HTEK11 precisa ser considerado em sua carteira de investimentos?

O HTEK11 é uma novidade interessando para o investidor brasileiro, pois traz um índice diferenciado em sua cesta.

Em outras palavras, o mercado nacional agora conta com mais facilidades para acessar empresas diversificadas, especialmente no setor de saúde e tecnologia.

Além disso, esse segmento apresenta crescimento constante, com grande potencial não apenas no setor financeiro, como em outras áreas.

Desse modo, o HTEK11 expõe empresas valorizadas, com potencial de crescimento e relevantes para o cenário.

Ainda, investidores que desejam se tornar especialistas também devem considerar ativos diferentes, para diversificar a carteira.

Com os ETFs, é possível realizar essa variação com segurança, investindo em ações sem a exposição direta.

Por isso, vale a pena considerar o HTEK11 para compor a sua carteira de investimentos.

Expectativas das ETFs no Brasil

De forma geral, o mercado de ETFs no Brasil está em constante crescimento, especialmente no ano de 2021.

A B3 já lançou uma série de fundos de índice, e as expectativas são de que mais carteiras venham a estrear no mercado brasileiro.

Além disso, os índices não são apenas internacionais, mas também nacionais, valorizando o cenário nacional, e cestas variadas, como fundos de criptomoedas, por exemplo.

O maior acesso a empresas diferentes e ao mercado de ações atrai mais investidores, movimentando a bolsa de valores e a economia.

Dessa forma, ETFs como o HTEK11 contam com grandes expectativas no País.

Vale a pena investir em HTEK11?

O HTEK11 é um fundo de índice interessante para pessoas que buscam empresas diferenciadas para investir, principalmente no segmento de saúde e tecnologia.

Esse segmento possuem grande potencial de crescimento, e é ideal para quem procura ativos variados para a carteira.

Além disso, o ETF é uma boa aposta para diversificar seus ativos com mais segurança e praticidade.

Assim, vale a pena considerar o HTEK11 entre as suas opções, especialmente para ter acesso a um fundo com boas competências.


Tabela Investidor Alerta

Dados técnicos do HTEK11
NomeIT NOW HCARE
Código de identificaçãoHTEK11
Índice de referênciaMorningstar US Exponential Technologies Healthcare
Número de empresas50
ValorR$57,05
Taxa de administração0,50%
Aplicação mínima inicialR$100,00

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo