7 ETFs de tecnologia do mercado dos EUA que você precisa conhecer

Não faltam empresas no setor de tecnologia dos Estados Unidos — desde negócios existentes há décadas até startups que mudaram seus mercados. Para aproveitar as oportunidades, pode-se escolher um ETF de tecnologia dos EUA.

Com esse veículo de investimento, é viável obter os resultados de ações internacionais e explorar o mercado dos EUA. Tudo de maneira simplificada. Assim, pode valer a pena ter conhecimento sobre as alternativas disponíveis e como elas se caracterizam.

Por isso, veja quais são 7 ETFs de tecnologia do mercado norte-americano que você precisa conhecer!

O que é um ETF?

Sigla para exchange traded fund, o ETF também é conhecido como fundo de índice. Ele é um fundo de investimento e funciona de maneira coletiva. Os investidores adquirem cotas que dão direito à participação nos resultados.

O patrimônio é alocado por um gestor profissional. No caso do ETF, a gestão costuma ser passiva, ou seja, ter como objetivo acompanhar um índice. Então, um ETF de tecnologia adota índices que servem de referência nesse mercado.

Por que investir em ETF?

O investimento em ETF é, primeiramente, uma forma de alocar os recursos de modo acessível. Em geral, o lote de cotas é mais barato que investir em todos os ativos de um índice de ações, por exemplo.

Além disso, permitem alcançar a diversificação de investimentos. Com ele, sua carteira terá um risco diversificado pelo fato de a carteira ser composta por vários ativos. Ele também oferece taxas menores que fundos de gestão ativa, então podem ser vantajosos.

Especificamente, ETFs de tecnologia dos EUA trazem oportunidades em um setor que tem se consolidado e crescido ao longo dos anos. Como o país reúne boa parte dos principais players do mercado, pode oferecer muitas oportunidades de lucro.

Quais são 7 ETFs de tecnologia dos EUA?

Como visto, adicionar um ETF de tecnologia dos EUA à sua carteira de investimentos é uma forma de explorar ações internacionais e ir além da bolsa brasileira. Porém, antes de adquirir as cotas é preciso conhecer os veículos em destaque.

A seguir, veja quais são 7 ETFs de tecnologia da bolsa americana que possibilitam seu investimento no exterior!

1. Invesco QQQ

O Invesco QQQ é um dos principais ETFs de todo o mercado dos EUA — inclusive, considerando os que não focam no setor de tecnologia. Logo, pode ser uma escolha para quem começa a explorar essas alternativas.

Ele utiliza como base o Nasdaq-100 Index. O índice é composto pelas 100 empresas, fora do mercado financeiro, que apresentam maior capitalização na Nasdaq — bolsa focada em tecnologia.

A alternativa inclui o grupo de empresas conhecido como FAANG. Ele é composto por Facebook, Amazon, Apple, Netflix e Google. Além dessas companhias, há outras 95 de grande projeção na bolsa de valores americana.

2. SPDR S&P Software & Services

O ETF SPDR S&P Software & Services é considerado um dos principais de tecnologia dos EUA. Ele acompanha o S&P Software & Services Select Industry Index, um índice composto por mais de 170 empresas ligadas à oferta de softwares e serviços de tecnologia.

Com isso, permite investir em negócios ligados a processamento de dados, terceirização de tecnologia e outros focos. Como consequência, há uma boa diversificação, apesar de o investimento estar concentrado em um segmento.

3. Vanguard Information Technology

O ETF Vanguard Information Technology está atrelado à área de Tecnologia da Informação. Ele replica a carteira teórica do MSCI US IMI Information Technology 25/50 Index. O índice é composto por empresas de diferentes níveis de capitalização que atuam prioritariamente no setor de TI.

Com o incremento das soluções de TI em todos os setores, essa pode ser uma boa oportunidade para investir nos EUA. Além disso, o ETF tem grande destaque no mercado norte-americano, o que estimula a sua negociação.

4. Global X Cloud Computing

A navegação em nuvem possibilitou a evolução de diversos recursos, além de viabilizar a integração tecnológica, a Internet das Coisas (IoT) e alternativas de automação, comunicação e até de trabalho remoto.

O Global X Cloud Computing foca em empresas que atuam, primariamente, com a computação em nuvem. Ele utiliza o índice Indxx Global Cloud Computing Index e investe em pouco menos de 40 empresas diferentes.

5. iShares PHLX Semiconductor

A tecnologia não envolve apenas dispositivos eletrônicos, plataformas e serviços. Os componentes responsáveis pelo funcionamento também são importantes e esse é o foco de um ETF de tecnologia nos EUA: o iShares PHLX Semiconductor.

Ele é o maior fundo sobre o tema da bolsa americana e concentra investimentos em cerca de 30 empresas de semicondutores e chips, como a Nvidia. Para tanto, replica a carteira teórica do PHLX SOX Semiconductor Sector Index.

6. SPDR S&P Biotech

Para quem busca investir em nichos específicos, o SPDR S&P Biotech pode ser uma alternativa. Ele está focado na área de biotecnologia, com a alocação prioritária ocorrendo em empresas que investem em novas soluções e em pesquisas dessa área.

O ETF busca alcançar resultados equivalentes ao S&P Biotechnology Select Industry Index, que é formado por cerca de 170 empresas norte-americanas.

7. Roundhill BITKRAFT Esports & Digital Entertainment

O entretenimento digital tem se consolidado ao longo dos anos, com serviços de streamings e produtos específicos. Nessa área, os games e os eSports têm crescido. Para explorar a possibilidade, você pode investir no Roundhill BITKRAFT Esports & Digital Entertainment ETF.

Ele utiliza o Roundhill BITKRAFT Esports Index e foca em cerca de 30 empresas que estão ligadas ao segmento de eSports. Embora seja uma alternativa da bolsa americana, permite investir em empresas de outras partes do mundo, o que pode ajudar na diversificação em termos de mercado.

Depois de conhecer essas alternativas, você terá um bom nível de entendimento para investir em ETF de tecnologia nos EUA. Além de diversificar a carteira, é possível aproveitar as características do setor e seus nichos — que são tendência em todo o mundo!

Se quiser saber mais sobre como investir nos EUA e realizar operações na bolsa americana, entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo