Atualização do Ethereum faz criptomoeda subir mais de 5% no pregão

Nesta quinta-feira (05), entrou no ar a nova atualização do Ethereum, anunciada desde a semana passada pelo mercado de criptomoedas. Intitulada de “London”, ela traz melhorias no sistema e na segurança de transações da moeda digital.

Entre algumas das mudanças expressivas da versão London, podemos listar a redução das taxas cobradas na rede, e maior segurança de transação entre os ativos financeiros no mercado digital. 

Além disso, a expectativa do mercado é que essa é apenas uma ponta das mudanças que podem vir até o final de 2022, onde o mercado especialista discute até mesmo o desenvolvimento de um novo “Ethereum 2.0”, com um sistema totalmente novo e inovador para fazer ainda mais frente ao concorrente Bitcoin.

Segundo informações divulgadas na imprensa americana, o objetivo da atualização do Ethereum é fazer com que o criptoativo se torne ainda mais econômico em termos de energia e a redução do impacto ambiental comece a ser sentida já no início de 2022.

Sobre a atualização do novo Ethereum 2.0

Começando a inovar no mercado de criptoativos, a possibilidade do desenvolvimento do Ethereum 2.0 é vista como uma realidade cada vez mais próxima. O objetivo, basicamente, é mudar todo o sistema de forma drástica, onde a escalabilidade da moeda se torne algo mais concreto, e sua eficiência em mineração seja mais assertiva. 

Parte dessas mudanças aconteceram por conta das falas de Elon Musk no começo de abril, onde acabou desistindo de aceitar o Bitcoin como pagamento entre os negócios fechados com a Tesla, alegando justamente o impacto ambiental que essa decisão teria, já que a mineração de Bitcoin poderia impactar o consumo de energia e, consequentemente, prejudicaria o ecossistema de forma direta.  

Para isso, a rede deve deixar uma nova mineração de prova de trabalho e adotar o sistema de prova de participação, o PoS. Aqui, o principal objetivo é descentralizar o ativo de possíveis impactos e reduzir o custo fixo da sua estrutura de validação.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo