Nova alta nas ações de moda pode ser causada pelo Metaverso

De acordo com um recente levantamento realizado pela fintech Morgan Stanley, uma nova alta nas ações de moda pode acontecer em breve. Isso, graças ao sucesso do Metaverso e a parcerias do segmento com os games.

Segundo a pesquisa, marcas como Dior, Tommy Hilfiger e Farfetch têm cada vez mais ampliado seu comércio para o novo universo online, que vem demonstrando uma crescente além do esperado neste trimestre.

A criação de lojas digitais e protótipos de roupas para personagens que não existem na vida real, permitem que novas pessoas comecem a utilizar as peças dessas marcas, aumentando assim seu faturamento.

Com isso, pode-se imaginar que em breve uma alta nas ações de moda seja notada na Bolsa de Valores, já que o meio está se tornando mais virtual e ganhando cada vez mais força no mercado online.

Um exemplo disso são as ações da Kering (KER), que demonstraram crescimento de 20% no acumulado de janeiro até o momento na Bolsa de Valores da Europa. 

Essa alta se deve graças a campanhas feitas relacionadas a negociações com NFT (Token Não Fungível). 

Alta nas ações de moda – empresas já entraram no universo digital

Ainda de acordo com o relatório, outros exemplos de empresas de moda que participaram de produtos digitais podem ser encontrados facilmente no mercado.

Um recente caso foi a participação da Balenciaga no game Fortnite, onde a parceria trouxe uma loja oficial da marca para dentro do jogo, além de desfiles e mudanças visuais nas Cabines de Troca de Roupa.

Outro evento do tipo aconteceu em dezembro de 2019, quando a grande marca Louis Vuitton entrou em contato e fechou parceria com um dos jogos mais famosos do mundo, League of Legends.

O projeto concedeu a criação de roupas físicas e virtuais, porém o foco foi as mudanças visuais atribuídas às personagens femininas.

+Leia também: Serão aceitas negociações de Bitcoin no Mercado Livre

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo